quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Janeiro louco começa com Taça

O Benfica começa hoje um novo ciclo de jogos muito importante, para as três competições nacionais. Caso vá progredindo na Taça de Portugal, o Benfica jogará sempre ao fim-de-semana e à quarta feira, com a única excepção da semana entre 20 e 27 de Janeiro.

Este ciclo que se inicia com o novo Ano de 2013, começa com a Taça e com a recepção ao Aves. Conhecemos casos de surpresas na Taça por parte dos chamados tomba-gigantes pelo que importa não facilitar de modo nenhum, jogue quem jogar. É aliás espectável que vários jogadores menos usados até ao momento venham a ser titulares esta noite, nem por isso se esperando que a equipa deixe de expressar a sua identidade e a sua qualidade.  

São três competições que o Benfica quer ganhar e que pode ganhar. Penso que seria uma grande época se conquistássemos esta "tripleta". Para isso, importa começar a ganhar hoje e fazê-lo seguidamente durante o mês de Janeiro. Seria um grande, grande passo para a conquista destes títulos porque nos deixaria necessariamente nas meias finais da Taça e da Taça da Liga e com uma vantagem substancial sobre o Porto com quem jogamos dentro de 11 dias.

Entremos então com o pé direito em Janeiro.

Aqui fica o calendário para o mês:

Benfica-Aves hoje dia 2, 20.15 h, Estádio da Luz, Taça de Portugal
Estoril-Benfica, Domingo dia 6, 20.15h, Estádio Coimbra da Mota, Liga Zon Sagres
Benfica-Académica, quarta-feira dia 9, 16.00h, Estádio da Luz, Taça da Liga
Benfica-Porto, Domingo dia 13 (hora a definir), Estádio da Luz, Liga Zon Sagres
Em caso de apuramento, o Benfica irá a Coimbra quarta-feira dia 16, quartos de final da Taça de Portugal
Moreirense-Benfica, Domingo 20 (hora a definir), Liga Zon Sagres
Braga-Benfica, Domingo 27 (hora a definir), Liga Zon Sagres
Em caso de apuramento, o Benfica irá jogar quarta-feira dia 30 com o vencedor do Paços de Ferreira-Gil Vicente, para a 1ª mão das meias-finais da Taça de Portugal.

A Liga Europa vem em Fevereiro ao passo que as meias finais da Taça da Liga, caso nos apuremos, serão em Fevereiro. Curiosamente e como já aconteceu no passado, a segunda mão das meias-finais da Taça serão apenas em Abril.

Feliz Ano Novo - vídeo Benfiquista

A todos um Feliz Ano Novo.

Que 2013 vos traga muita saúde, alegrias e bênçãos. Um abraço benfiquista para todos!



domingo, 30 de dezembro de 2012

O melhor de 2012 - futebol inglês

Em Inglaterra, o ano futebolístico acaba em grande com muitos jogos, muitos golos e muito espetáculo.
A pátria do futebol ocupa cada vez mais indiscutivelmente o número 1 do futebol mundial, apesar da melhor equipa do mundo estar em Espanha.

Em 2012, Inglaterra voltou mesmo a ter um clube campeão Europeu, o surpreendente Chelsea.
Numa época em que começara com Villas-Boas como treinador (ainda em 2011, obviamente), o Chelsea acabaria por vencer finalmente a Champions com um treinador-adjunto e sem sequer ter investido muito em jogadores. Valeram os históricos Lampard, Terry e Drogba e os ex-benfiquistas David Luiz e Ramires(decisivo em vários jogos, nomeadamente na Luz e em Barcelona), bem como Di Matteo, que começou por ter que inverter uma eliminatória que Villas-Boas quase perdera (3-1 em Nápoles) e soube depois durante a prova aplicar a habitual manha e resultadismo do futebol italiano. É aliás incompreensível que Abrahmovic o tenha demitido já durante a presente época.

Mas eu destaco o futebol inglês em 2012 sobretudo pelo espetáculo oferecido aos adeptos e amantes de futebol em geral. Estádios constantemente cheios, equipas a jogar para a frente, árbitros a deixar jogar, grandes jogadores, golos e muita emoção.

A forma dramática como se decidiu o título na época passada, com dois golos do City já nos descontos é simplesmente de thriller de Hitchcock.

2012 foi um grande ano para o futebol inglês de clubes, mas os últimos meses e dias do ano então foram loucos. Um Chelsea - 5 Machester United - 4


um Reading -5 Arsenal - 7



um Man Utd - 4 Newcastle - 3



e finalmente um Arsenal - 7 Newcastle - 3.


Sensacional.

Salvos sobre o gongo

Grande enchente em Moreira de Cónegos - só mesmo o Benfica arrasta estas multidões e entusiasmo.
Grande ambiente, grande presença e alegria dos nossos adeptos do Norte.
O Moreirense galvanizou-se e foi melhor durante grande parte do jogo. O Benfica melhorou na segunda parte e claramente mereceu o empate.
Não se pode dizer que o Moreirense, que teve poucos ataques e pouquíssimas oportunidades (marcou na segunda que teve), merecia ganhar e que o Benfica, que fez quase sempre as despesas do jogo e teve algumas oportunidades incluindo um penalty falhado, merecia perder.
O resultado foi justo, embora só mesmo no fim tenhamos conseguido o golo que evitou a derrota.
Golo que resulta de um penalty óbvio (não é só o agarrão, há um pontapé do defesa do Moreirense) mas que, sendo o segundo do jogo a nosso favor, nos podemos dar por satisfeitos por ter sido assinalado.

Salvou-se a invencibilidade, mesmo sobre o apito final.

JJ explicou que a equipa estava cansada em face da carga física que lhe foi aplicada antes do ciclo infernal de jogos que se inicia. Percebe-se também que tenha jogado a maioria dos titulares, uma vez que precisam de regressar ao ritmo da competição depois da paragem de Natal. Não seria uma semana antes do jogo com o Porto que os jogadores iriam ter o seu primeiro contacto com jogos oficiais em 3 semanas (o último jogo para o campeonato foi a 15 de Dezembro e para a Taça da Liga a 19, mas neste último não jogaram os habituais titulares).

Convém não esquecer que a recepção ao Aves para a Taça de Portugal é já daqui a três dias, quarta-feira dia 2 de Janeiro. E depois disso iremos ao Estoril logo dia 6, de novo para o Campeonato. Três dias depois (dia 9 de Janeiro) jogaremos de novo para a Taça da Liga, com a Académica em casa e para Domingo, dia 13, está agendado o Benfica-Porto.

Para já, em termos de Taça da Liga, a qualificação não ficou garantida, decidindo-se no último jogo em casa com a Académica. Um empate basta para o apuramento para as meias finais, onde estarão provavelmente o Braga e o Porto mas não o Sporting, hoje já eliminado face ao resultado do Paços de Ferreira (vitória sobre o Marítimo).

Caso o Benfica esteja nas meias finais, defrontará fora o vencedor do grupo do Braga, ao passo que o vencedor do grupo do Porto receberá o Paços de Ferreira. É assim possível um Benfica-Porto na final da Taça da Liga.