quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Esperado mas ainda assim muito negativo

O Benfica saiu da Champions sem honra nem glória, confirmando o pior cenário que se começou logo a adivinhar na primeira jornada da competição.
Embora este desfecho fosse esperado, há que admitir que a prestação da nossa equipa é bastante fraca e fica aquém dos mínimos exigíveis, mesmo considerando as limitações do plantel.
A única boa notícia da noite foi a vitória do Mónaco que nos afasta da Liga Europa. Pelo menos não teremos que jogar semana após semana uma competição que dá pouca visibilidade, pouco prestígio e pouco dinheiro para o desgaste que provoca.
O Benfica terá assim que se concentrar nas provas internas, onde defende todos os títulos, naturalmente com prioridade no campeonato.

Voltando à Liga dos Campeões, Jorge Jesus não tem realmente conseguido boas prestações, tendo a deste ano sido francamente má. Dois golos marcados e seis sofridos é um péssimo balanço que demonstra que não se tratou apenas de um problema de sorte e azar.

A menor valia do plantel também não pode explicar tudo, por duas razões: noutros anos tivemos plantéis com imensa qualidade e não fizemos melhor (com excepção de uma época); equipas parecidas ou inferiores ao Benfica em termos de qualidade estão a fazer bastante melhor: Basileia, Mónaco ou Sporting.

Aquilo que podemos afirmar é que o Benfica de Jorge Jesus não se tem dado bem com a Liga dos Campeões, claramente porque há algo na abordagem dos jogos que não funciona. Se é (apenas) devido à questão dos dois pontas de lança é algo que eu não sei avaliar.

No imediato regressamos à realidade da competição interna, onde temos ganho, apesar de não estarmos a jogar particularmente bem. O jogo com o Moreirense para a Taça foi até dos mais bem conseguidos nos tempos recentes. É importante que o desaire europeu não se reflita na mente dos jogadores num sentido negativo e depressivo.

Como assinalei há pouco tempo atrás, aproxima-se uma fase complicada de jogos na qual o Benfica não pode claudicar mais. A europa já foi mas agora importa agarrarmo-nos às competições internas nas quais dentro de pouco tempo o Benfica enfrentará o Porto num jogo que pode marcar o ulterior desenvolvimento da época.

Taça - adversário Benfica nos 8ºs de final

Eliminado das competições europeias ontem, o Benfica ficou há segundos a saber que defrontará o Braga na Luz.
Já o Sporting vai a Vizela.
O sorteio é bom na medida em que nos permite eliminar o segundo adversário mais difícil da prova. Se o conseguirmos, como temos obrigação, ficará em prova apenas uma equipa ao nível do Benfica.