quinta-feira, 26 de maio de 2022

Nova etapa de esperança

 A vinda de Roger Schmidt é uma lufada de ar fresco no futebol português. Num ambiente marcado por demasiadas quezílias, muitos vícios e um discurso repetitivo, a vinda de um treinador educado, com novas ideias e uma visão positiva do futebol é evidentemente uma boa notícia.

Os benfiquistas podem - e devem - estar esperançosos por uma era diferente, após 3 anos para esquecer. Além de Roger Schmidt, entra (de novo) Lourenço Coelho, que é uma figura importante para fomentar o espírito de balneário e colocar ordem no futebol do Benfica. É indiscutível que as coisas não têm corrido muito bem nesse capítulo e que é necessário "fechar" e unir o grupo.

Finalmente, existe a perspectiva de algumas contratações importantes. É público o interesse em Enzo Fernandez, jogador que parece muito interessante, assim como em Ricardo Horta, um valor seguro que traria qualidade e agressividade à nossa equipa. Além disso, se fosse eu a liderar o Benfica tudo faria para contratar David Carmo, um dos melhores, senão o melhor central a actuar em Portugal, além de Lucas Veríssimo. Uma dupla dos dois seria brutal. 

Mas há muito trabalho a fazer. O Benfica precisa de vender vários jogadores cujo tempo no clube está esgotado. Precisamos de um plantel equilibrado e sem excedentários. Taarabt, Weigl, Seferovic, André Almeida, Pizzi, Meité, João Mário, Diogo Gonçalves, Rodrigo Pinho, Gil Dias, para além dos emprestados Radonjic e Lázaro, são jogadores medianos a mais. Dos 10, além dos emprestados, pelo menos 7 deveriam sair, até para virar uma página em relação ao passado recente de insucessos. E há ainda as situações de Rafa e Grimaldo que têm que ser definidas. Ou os jogadores estão comprometidos com o clube, ou devem prosseguir a carreira noutro lado.

Estamos a falar de muitos casos para resolver, que importa definir rapidamente para se constituir um grupo coeso e começar a construir uma equipa vencedora.

Alguns destes jogadores têm mercado, pelo que podem render alguns milhões, importantes para reinvestir e ir buscar os jogadores de que precisamos para implementar o sistema de Schmidt. Li hoje que o Chelsea pode estar interessado em Weigl. Se assim for, é aproveitar rapidamente. Seferovic também é um jogador conhecido internacionalmente que não deve ser muito difícil colocar, com algum retorno financeiro. Outros casos serão mais problemáticos. Para esses haverá que trabalhar mercados menos exigentes, como os países árabes, a Turquia ou até o Brasil.

Importante é começar a colocar jogadores, mesmo que em condições menos atractivas. Tudo o que vier relativamente a jogadores como Pizzi, Taarabt ou João Mário será ganho, até porque libertaremos massa salarial. Chamem Jorge Mendes: ele não pode servir apenas para colocar no nosso clube jogadores que não interessam ou mamar comissões leoninas nas melhores vendas. Para isso até eu serviria. O difícil é colocar jogadores que não têm muito mercado à partida e é isso que lhe deve ser exigido agora. 

4 comentários:

  1. Ricardo Horta não acrescenta valor que justifique o dinheiro pedido pelo Salvador.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois ,mas também já tem a escola dos andrades de deitar a mão à cabeça e berrar e isso é muito bom! Dá muito penalty! "Vamos pedir mais penalties na próxima época"

      Eliminar
  2. Rafa é muito melhor que o Horta.

    ResponderEliminar
  3. sobre o david carmo duas coisa por um lado ficar com dois centrais ambos vindos de leões muito prolongadas e para as quais não se sabe ainda o que vão dar, o carmo apesar de já ter jogado fez muito poucos jogos, é um risco enorme.
    depois se tem as expulsões que tem no braga cá então será um,a desgraça.

    confesso que não sou um apreciador do horta muito menos pelo valor absurdo que pedem por ele que não vale e com a idade que tem nunca seria valorizado, ou sequer recuperado parte do valor.
    depois tem a ver com a posição que ocuparia se é para extremo como tem falado seria um enorme barrete já que onde ele se tem destacado é a jogar a segundo avançado e para aquela posição sinceramente prefiro o gotze, muito melhor e muito mais barato.

    o roger utiliza dois medios defensivos ora despachando weigl e meite ao mesmo tempo levaria a que fossem contratados tres medios defensivos, isto se o florentino retornar o que ainda não é certo, seriam muitas contratações ao mesmo tempo.
    é que temos muitos medios no plantel, para subir ou emprestados mas são todos para terceiros medios e esses sim é que convém não ficarem, nem que seja por empréstimo.
    paulo bernardo, taarabt, joão mario, martim neto só um pode ficar um.

    ResponderEliminar

Os comentários são agora automaticamente publicados. Comentários insultuosos poderão ser removidos.