segunda-feira, 4 de junho de 2012

Registo de Portugal contra a Alemanha.



"O futebol são 11 contra 11 e no fim ganha a Alemanha", dizem os britânicos. E bem sabem o que dizem: em termos de Mundiais, a Alemanha é a selecção com mais presenças em finais (a par do Brasil): 7, tendo-se sagrado Campeã do Mundo por três vezes: 1954, 1975, 1990; no que toca a Europeus, a Alemanha esteve em 6 finais e venceu três: 1972, 1980 e 1996.

Melhor do que a Alemanha, só o Brasil, que venceu 5 Mundiais e 8 Copas da América.
A nível europeu, a Itália tem um melhor registo do que a Alemanha em Mundiais pois venceu 4 vezes (tendo perdido duas finais) mas pior em Europeus, que só venceu uma vez, em 1968 (tendo perdido a final de 2000).

Em termos de presenças em meias-finais de Mundiais, ninguém iguala a Alemanha: 12 presenças, contra 10 do Brasil, 8 da Itália, 5 do Uruguai e França. Ou seja, a Alemanha é a selecção que mais consistentemente está nas fases decisivas.

O registo de Portugal contra a Alemanha é misto. Nas três últimas competições que disputámos (Mundial de 2006, Europeu de 2008, Mundial de 2010) fomos derrotados pela Alemanha em duas delas: em 2006 perdemos o 3º lugar para a Alemanha (que jogava em casa) e em 2008 (no Europeu disputado na Áustria e na Suíça) fomos por ela eliminados nos quartos de final (3-2, com golos de Nuno Gomes e Postiga; Schweinsteiger, Klose e Ballack, com o marcador a evoluir de 2-0 para 2-1 e de 3-1 para 3-2).

Mas por outro lado foi Portugal quem impôs à Alemanha a sua maior derrota em fases finais, um verdadeiro banho na banheira de Roterdão, com a vitória por 3-0 no Euro 2000. Viríamos a ser eliminados nas meias-finais pela França com o célebre penalty já no fim do prolongamento a castigar uma bola no braço de Abel Xavier.

Portugal venceu ainda a Alemanha noutro jogo histórico, com o golo de Carlos Manuel em Estugarda a valer a qualificação para o México 86. Por outro lado, há o jogo de má memória no qual um senhor árbitro decidiu expulsar Rui Costa por alegadamente demorar a sair do campo quando ia ser substituído e perdemos a vantagem de 1-0 (grande golo de Pedro Barbosa). O empate conseguido pela Alemanha contra 10 significou o nosso afastamento do Mundial de 1998.

No total de embates, 16, Portugal venceu por três vezes, empatou 5 e perdeu 8. Se contarmos apenas os jogos para competições oficiais, o registo é: 8 J, 2 V, 3 E, 3 D.
Se considerarmos que a Alemanha é uma das maiores potencias do futebol mundial e a maior europeia, o registo não é de todo mau. Esperemos que no sábado o possamos tornar ainda mais equilibrado.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários são agora automaticamente publicados. Comentários insultuosos poderão ser removidos.