sexta-feira, 16 de março de 2018

Uma vergonha sem limites

O dia de hoje é apenas mais um de uma sequência de meses consecutivos de ataques ininterruptos ao Benfica.
Mas é um dia que tem que ficar marcado com uma mancha negra na história da justiça (?) portuguesa. Um blog do segundo maior clube de Portugal, o clube dragarto, publicou o que é alegadamente o processo de Paulo Gonçalves. Atente-se bem na ironia de tudo isto: Paulo Gonçalves está indiciado de violação do segredo de justiça e um blog afecto ao Sporting (ou ao Porto - é o mesmo, porque estes clubes praticamente fundiram-se no ódio cego ao Benfica) publica o processo que está em segredo de justiça contra Paulo Gonçalves. Isto prova para lá de qualquer dúvida que existe no mínimo uma toupeira dragarta na justiça (?) portuguesa.
Isto ultrapassa de facto todos os limites.
Como se tal não bastasse, o Correio da Manhã e a Visão voltam a publicar acusações contra o Benfica com base em supostas fontes (toupeiras) na investigação, violando pública, declarada e reiteradamente o segredo de justiça face à passividade generalizada.

Para embrulhar tudo isto temos a notícia de que o Sporting foi aceite como assistente no processo dos emails! Ou seja, o Sporting vai poder estar envolvido diretamente em processos contra o Benfica! O Sporting vai poder ter acesso a documentos em segredo de justiça, requerer diligências, apresentar recursos, participar em audiências e inclusivamente poder deduzir acusação mesmo que o Ministério Público não o faça!

É, meus amigos, o maior ataque jamais visto contra uma instituição, seja ela qual for, em Portugal e mesmo no estrangeiro, descontando situações de conflito armado. É de facto apenas isso que falta para que possamos chamar ao que está a acontecer uma guerra, sem aspas, sem metáforas.

Perante um cenário destes os benfiquistas têm que cerrar fileiras e perceber que só uma união completa é aceitável num momento destes. Não queiram aparecer bem na fotografia do politicamente correcto neste momento. Não se iludam e não se deixem enganar com falinhas mansas. A campanha em curso visa nem mais nem menos do que a destruição do nosso clube. Neste momento há uma única atitude possível: a defesa intransigente do Benfica.

Amanhã será mais uma batalha em campo, onde temos vencido com todo o mérito e onde precisamos de continuar a dar resposta, uma resposta cabal e definitiva a esta ignomínia, nos próximos 8 jogos. 


7 comentários:

  1. Constituir-se assistente não "vai poder ter acesso a documentos em segredo de justiça, requerer diligências, apresentar recursos, participar em audiências e inclusivamente poder deduzir acusação mesmo que o Ministério Público não o faça!"

    Penso que não é bem assim. Os direitos de um assistente não lhe dá direito a ter acesso a documentos que estão em segredo de justiça.
    O acompanhamento está limitado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ok, pensar é bom, mas informar-se é ainda melhor. É como eu digo.

      Eliminar
    2. https://www.direitosedeveres.pt/q/acesso-ao-direito-e-aos-tribunais/processo-criminal/o-que-significa-uma-pessoa-constituirse-assistente-num-processo-penal

      Eliminar
  2. As toupeiras verdes tem os dias contados os roubos no MP ou na polícia judiciária vai ter um fim QQ dia a justiça tem de responder

    ResponderEliminar
  3. Se isso for verdade( o Sporting ser assistente do processo dos emails)quer apenas dizer que a justiça em Portugal bateu no fundo. Para quem ainda não acreditava nisso pode neste momento desiludir-se. É ALTURA DE REFORMULAR A JUSTIÇA EM PORTUGAL. OS ÚLTIMOS CASOS VÊM PROVAR .

    ResponderEliminar
  4. Atirar pedras azuis ao Jonas e vergonhoso os grunhos merecem uma pocilga para viverem

    ResponderEliminar
  5. Não há dúvida: há clubite verde-azul nas justiças (desportiva e civil) portuguesas. Ou pensam que nos comem por tolos?

    ResponderEliminar

Os comentários são agora automaticamente publicados. Comentários insultuosos poderão ser removidos.